13º Dia

Milagres e Lendas

“Nestes jazia grande multidão de enfermos: cegos, coxos e paralíticos, esperando o movimento das águas”. João 5.3

  • Facebook
  • Instagram

Este texto bíblico nos fala de um tanque que havia em Jerusalém, chamado Betesda, que em hebraico significa Casa de Misericórdia. Ali havia uma crença que de tempos em tempos um anjo descia e agitava as aguas, e quem primeiro se lançasse nelas seria curado.

            Como toda Santa Casa de Misericórdia, aquele lugar estava cheia de doentes amontoados à espera de um milagre, mas naquele dia não seria um anjo que sacudiria as aguas, mas o próprio Senhor Jesus que estava presente ali.

            Jesus ao perguntar para um aleijado que ali estava se este queria ser curado, a resposta que Ele recebe é surpreendente. O Homem, ao invés de clamar em plenos pulmões, começa a contar que sempre que as aguas são agitadas não há quem o leve para dentro do tanque, quando diante dele está aquele que tem todo o poder.

            Muitas vezes estamos assim, com o coração e a mente apegados a crendices e contos, e não cheios da palavra da vida.

            São os argumentos que insistimos em nutrir em nossa alma que muitas vezes retarda o mover de Deus em nossas vidas. Ficamos esperando que anjos, forças astrais ou outros entes movimentem as aguas paradas de nossas vidas, quando o milagre está disponível na pessoa do Senhor Jesus.

            Se desfaça dos argumentos, humanos ou religiosos, e ouça o que Jesus lhe diz hoje – Queres ficar são?