5º Dia

Os 3 Fundamentos do Milagre – a vontade de Deus

 “...transformem-se pela renovação da sua mente, para que sejam capazes de experimentar e comprovar a boa, agradável e perfeita vontade de Deus.” Romanos 12.2b

  • Facebook
  • Instagram

Nosso Deus é um Deus de propósitos, Ele não age por acaso ou sem uma intenção, Ele sempre tem desígnios  e planos em tudo o que faz, sendo assim, sua intervenção na dimensão humana não é casual ou displicente, mas intencional, proposital e objetiva, o Senhor é assertivo em tudo o que faz, a falta de propósito é uma das consequências da queda do homem, não faz parte do repertório da perfeição divina.

Creio que o milagre se estabelece assentado sobre um tripé, sobre três alicerces fundamentais.

O primeiro é a soberania divina, a vontade do Eterno, pois nada acontece fora da vontade de Deus, como diz o salmo 29.10, “O Senhor se assenta sobre o dilúvio”, nada foge de seu governo e majestade. Um milagre não acontece porque queremos ou determinamos, mas porque Deus quer, porque é a sua vontade em ação, por isso devemos buscar sua vontade sendo feita na terra como é feita no céu.

Em Romanos 12.2, as escrituras nos incentivam a uma mudança de mentalidade para que experimentemos a boa, agradável e perfeita vontade de Deus.

A vontade de Deus é boa, é perfeita e agradável, o que seria isto se não a descrição do milagre, mas para que possamos ver este milagre é necessário uma mente alinhada com a vontade de Deus.